Começa a 15ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia

Começou a 15ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia. O evento, que já faz parte do calendário anual do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), tem como tema central “Ciência para a redução das desigualdades”, definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

A abertura oficial do evento aconteceu na manhã desta quarta-feira (17), no auditório do Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho, em Vila Velha, com a presença do governador Paulo Hartung e de outras autoridades capixabas. O objetivo é popularizar a Ciência e a Tecnologia no Estado e despertar o interesse de estudantes e profissionais na área. A programação inclui eventos técnico-científicos de curta duração em diversas cidades do Estado.

“Queremos estimular o debate de temas específicos e de interesse para a área científica e tecnológica do Espírito Santo e, assim, contribuir para o desenvolvimento do Estado. O nosso objetivo é popularizar a ciência. A Semana C&T foi aberta oficialmente hoje, mas já está com uma programação ativa desde o início do mês em várias cidades capixabas. Acreditamos que o nosso objetivo será alcançado”, destacou a secretária de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), Camila Dalla Brandão.

A Secti, por meio do Edital 07/2018 da Fapes, contemplou oito municípios: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, São Mateus, Alegre, Ibatiba e Cachoeiro de Itapemirim, que vão contar com diferentes ações da Semana C&T. A programação completa pode ser acessada pelo link https://goo.gl/VX7xaH. A 15ª edição da Semana C&T teve início nessa segunda-feira (15) e segue até domingo (21), mas alguns eventos ligados à Semana já tiveram início em outubro e vão se estender até o fim do mês.

No campus da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) em São Mateus vai acontecer, no dia 30 de outubro, a V Semana de Ciência e Tecnologia de São Mateus, com o tema “Redução de desigualdades em tempos de zika vírus: desafios à ciência, às políticas públicas e à sociedade”, na área de estudo de ciências da saúde. E no Centro Social São José Calazans, na Serra, vão acontecer as “Oficinas para difusão de ciência, tecnologia e artes”, no próximo sábado, dia 20 de outubro, na área de estudo de engenharia.

Lançamento do Mapi

Durante a abertura da 15ª Semana C&T, a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), em parceria com o Sebrae, por meio do Projeto Centro Técnico Criativo, o CTC, que é realizado pelo Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho, lançou a nova plataforma on-line de mapeamento do ecossistema capixaba de inovação: o Mapi.

O Mapi é uma plataforma orgânica em constante evolução que tem como objetivo conectar aqueles que, de alguma forma, contribuem ou possam contribuir para a inovação do Espírito Santo. No lançamento, os convidados podem acessar a plataforma e fazer seus cadastros pelo link mapixaba.com.br.

“Nós sentimos a necessidade de entender quais são as empresas que compõem o nosso Estado. Além disso, percebemos que existem também demandas das grandes empresas e indústrias para que sejam atendidas no Espírito Santo. Por isso criamos essa plataforma com todas as empresas, de diversos segmentos, que representam o ecossistema capixaba de inovação. Não só voltado para as startups, mas da área de inovação como um todo”, comentou a secretária Camila Dalla Brandão.

No Mapi é possível encontrar fornecedores de diversos segmentos e ficar por dentro de eventos e editais de inovação capixaba. No momento, a plataforma possui 204 empresas cadastradas em 15 categorias da área de inovação (incubadora, aceleradora, coworking, consultoria, espaço de inovação, parques tecnológicos, entre outras).

Exposição dos alunos do CEET

Os alunos do CEET Vasco Coutinho também participam da 15ª Semana C&T. Ao todo, 1.328 estudantes, de todos os 11 cursos da escola, expõem cerca de 40 projetos técnico-científicos sobre o tema de 2018: “Ciência para a redução das desigualdades”. Escolas públicas das redes estaduais e municipais de ensino da Grande Vitória também participam da feira, que inicia às 8 horas com término às 21 horas.

Entre os projetos, o curso de Redes de Computadores apresenta carrinhos controlados por arduíno, que, no futuro, podem se tornar robôs. Esses carrinhos estão expostos em uma pista de corrida montada pelos próprios alunos.

Já os alunos do curso de Informática estão expondo o projeto “Libras em Realidade Virtual e Aumentada”, que objetiva auxiliar na comunicação das pessoas com deficiência auditiva e vocal. Os estudantes de Rádio e TV montaram um Quiz Social. O quiz é totalmente virtual e o participante interage com uma apresentação de inteligência artificial.

Serviço:

15ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia
De 15 a 21 de outubro, com atividades estendidas até o fim do mês.

Facebook
WhatsApp
Google+
Twitter
LinkedIn