Defesa Civil utiliza drone para monitorar áreas de risco na capital

O monitoramento das áreas de risco de Vitória é feito de forma constante pela Defesa Civil Municipal. Nesse trabalho, além do empenho dos profissionais do órgão, é de extrema importância a parceria com os voluntários dos Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC’s).

Na última semana, o voluntariado se aliou à tecnologia para realizar uma importante ação nas comunidades de Jaburu e Gurigica. Um drone, de propriedade de um dos voluntários do NUPDEC, foi utilizado para auxiliar os técnicos da Defesa Civil a mapear áreas de difícil acesso, como topos de morros.

O designer gráfico Wilson Roberto, que é voluntário do NUPDEC, disponibilizou seu equipamento para auxiliar o órgão, registrando em vídeos e fotos as partes mais altas dos dois bairros.

“Desde as últimas chuvas, fui motivado a participar do NUPDEC para poder oferecer minha ajuda em casos de desastres em áreas de risco. Acho que cada cidadão pode ser um agente transformador dentro de sua comunidade. E essa parceria com a Defesa Civil permite que eu faça isso dentro da minha cidade”, comentou Wilson, que é morador do bairro Santa Helena.

Estratégias

“A participação dos voluntários é fundamental em ações da Defesa Civil de Vitória. Hoje, com essa ação com o drone, pudemos olhar detalhes do alto dos morros que não conseguíamos. Agora, com essas imagens em mãos, poderemos desenvolver novas estratégias para a proteção das áreas de risco”, enfatizou Jonathan Jantorno, coordenador da Defesa Civil de Vitória.

Líder comunitário do Jaburu, Sebastião Luiz do Carmo Castro aprovou o uso da tecnologia para ajudar o trabalho da Defesa Civil. “Acompanhei todo o trabalho e achei fundamental a ação. O drone consegue fazer medições e imagens de lugares aonde o homem não consegue ir. Muito bom para ajudar a resolver problemas em encostas”.

NUPDEC’s

Com o objetivo de envolver a população na prevenção de desastres, Vitória conta com os NUPDEC’s. Os núcleos, formados por moradores dos próprios bairros, auxiliam a Defesa Civil desde o planejamento até a execução de ações.

As principais atividades são: promoção de medidas preventivas estruturais e não estruturais na redução dos riscos de desastres; avaliação de riscos de desastres e preparação de mapas temáticos relacionados com as ameaças, vulnerabilidades dos cenários e áreas de riscos intensificadas; articulação com órgãos de monitoramento, alerta e alarme, com o objetivo de otimizar a previsão de desastres; e organização de planos de chamadas, com o objetivo de otimizar o estado de alerta na iminência de desastres.

Interessados em fazer parte de um dos núcleos podem procurar a sede da Defesa Civil de Vitória, no Centro Integrado de Atenção ao Cidadão (Ciac), na Enseada do Suá. Outras informações no telefone (27) 3382-6168, no horário comercial.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Rolar para cima