TraderGroup Talks promove aproximação com criptomoedas em Vitória

Bitcoin, blockchain, ethereum, criptomoedas, mineração, criptoativos, blocos, hashing… A maioria das pessoas não conhece essas palavras, mas na verdade, todas elas estão cada vez mais presente no dia a dia das relações de negócios do mundo. O bitcoin, moeda digital mais famosa, completou 10 anos em outubro, e mesmo que algumas pessoas tenham dúvida sobre o mercado das moedas digitais, ou criptomoedas, o fato é que ele é uma realidade.

No Brasil, a quantidade de pessoas que já negociaram moedas digitais passa de 1 milhão, e supera em mais de 400 mil o número de investidores cadastrados na B3, a Bolsa de Valores do país.

E para ajudar as pessoas que não entendem nada de criptomoedas ou aquelas querem aumentar seus conhecimentos na área, aconteceu neste sábado (15), no Centro de Convenções de Vitória, em Santa Lúcia, o TraderGroup Talks, ciclo de palestras que abordou os temas mais ligados ao mercado de moedas digitais.

O trader especializado em investimentos de alta volatilidade Wesley Binz, CEO da empresa TraderGroup Investimentos, explica que o evento é uma oportunidade para as pessoas que querem ficar por dentro desse mercado que só cresce.

“As criptomoedas vieram para ficar. O mundo já trabalha com ela com muita eficiência e o Brasil está dando passos em direção a isso. Em vários lugares no país já é possível pagar com bitcoin, e mesmo com a oscilação do mercado de moeda digital, o investimento ainda é seguro. O momento de entender sobre o mercado é esse. Quem demorar vai ficar para atrás.”, afirma o trader que foi um dos palestrantes do evento, falando sobre o tema “Bem-vindo ao futuro: como investir em criptomoedas”.

Também participaram do TraderGroup Talk o especialista em Tecnologia da Informação e Blockchain, com mais de 20 anos em desenvolvimento de softwares, Wilson Toledo, com palestra sobre “Blockchain e o futuro do dinheiro e dos negócios”; o contador, conselheiro da Meta Real Assessoria Contábil, especializada em traders e criptomoedas, Henrique de Oliveira, explicando “A polêmica tributação das criptomoedas”; e o advogado, sócio do escritório Petry, Benincá e Maia Advogados, especializado em criptomoedas, André Maia, com o tema “Procedimentos de segurança nas operações com bitcoins”.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn